Cultura Viva, Economia Solidária e Feminista no Quilombo do Sopapo

No dia 12 de março/2016 aconteceu, no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, uma roda de conversa com o tema “Cultura Viva e a Economia Solidária e Feminista”. A atividade reuniu artistas dos Núcleos e Coletivos do Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, parceiros, colaboradores e comunidade. Sintonizado com as comemorações relativas ao Dia Internacional […]

Continue lendo "Cultura Viva, Economia Solidária e Feminista no Quilombo do Sopapo"

TEIA Nacional de 2016 terá Economia Viva como tema central

O Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC), promoverá, em novembro deste ano, a sexta edição do Encontro Nacional dos Pontos de Cultura, a TEIA Nacional. O evento, que dessa vez ocorrerá em Salvador (BA), irá reunir representantes de Pontos e Pontões de Cultura de todo o […]

Continue lendo "TEIA Nacional de 2016 terá Economia Viva como tema central"

As minas que rimam e batalham

A cena hip hop tem se difundido cada vez mais entre mulheres de todo o Brasil. Aos poucos, elas têm assumido um papel que até pouco tempo atrás era exclusivo dos homens. Em um movimento cadenciado, rappers mulheres de idades diversas têm se reunido para soltar o verbo e mandar um papo reto. Tudo pela […]

Continue lendo "As minas que rimam e batalham"

Bancos comunitários prestam serviços financeiros solidários

Isabel Cristina Alves, carinhosamente apelidada de Mãe Isabel, revela como o Ponto de Cultura Caminhos, localizado em Hortolândia, interior de São Paulo, sobrevive ao longo dos anos e a sucessivas crises econômicas: a sustentabilidade. A autogestão, no caso do Caminhos, foi possível graças à adoção da economia solidária. O Ponto de Cultura, coordenado por Mãe […]

Continue lendo "Bancos comunitários prestam serviços financeiros solidários"

Economia solidária dá novo fôlego à cultura

O Distrito Federal abriga, na cidade de Taguatinga, a 25 quilômetros do Congresso Nacional, um polo que incrementa a produção local com base na cultura. Um mercado desativado de abastecimento da década de 1950 deu lugar, na primeira década do século XXI, ao Mercado Sul Vive. Oficinas de teatros, shows e lojas de instrumentos deram […]

Continue lendo "Economia solidária dá novo fôlego à cultura"